10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

O Orçamento Europeu da Crise

O Orçamento da União Europeia para 2013, que foi feito em Bruxelas, por acordo dos 27 Estados Membros, é um orçamento mais magro, com uma redução na ordem dos 52 biliões de euros, afetando claramente os países em maiores dificuldades  como Grécia, Portugal e Espanha, no entanto, todos cantam vitórias, tentando convencer no contexto interno os seus cidadãos.

O Parlamento Europeu, votará o orçamento, e há uma clara tendência de dificultar este orçamento, pois muitos países não aceitam os cortes orçamentais previstas para este orçamento, pois para muitos, trata-se de um orçamento de austeridade, que não visa a coesão social dentro dos Estados Membros e não promoverá as políticas sociais que foram o símbolo de uma Europa a 12 no tempo do socialista Jacques Delors, bem como não promoverá o crescimento económico ou a recuperação económica tão desejada a sul.

O Orçamento europeu da austeridade, cai como uma bomba nas oposições dos países membros, quer à esquerda quer à direita, que se pergunta que políticas então promoverão o crescimento económico quer europeu quer global, e precisamente neste ano realiza-se o Global Media Forum, promovido pela cadeia alemã DW - Dewtsch Welle, com o tema "O Futuro do Crescimento - Valores económicos e a media" onde estarão representados mais de 2000 jornalistas e repórteres de 115 países, para debater a situação da economia mundial e os efeitos da mesma sobre o desenvolvimento sustentável, dos diversos povos do globo.

Este artigo respeita as normas do novo Acordo Ortográfico.
contador de visitas Pessoas visitaram esta página

Sobre o Autor

 - Nasceu em 1964 em Lisboa, é estudante de Serviço Social no  Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas - ISCSP, Fundou este blog em 2007, para o debate de ideias e a defesa do humanismo, edita outros blogs, cujo teor vai da filosofia à teologia, passando pelo apoio ao estudo autodidático. (ver o Perfil  

0 comentários :

Enviar um comentário