10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

sábado, 2 de janeiro de 2016

Janus - Olhar o Passado e Perspetivar o Futuro

Janus, era uma divindade romana, que simbolizava a época que vivemos nos dias hoje, ou seja, das calendas,  do inicio de um novo ano, de uma nova fase, Janus é representado com uma cabeça com dois rostos, sendo que um olha o passado, o outro vislumbra o futuro, duas atitudes humanas e que são complementares, porque necessitamos relembrar o passado para perspetivar o futuro, o que nos espera e o que queremos ou poderemos construir.
O ano de 2015, foi marcado pelo terrorismo, marcadamente pelos atentados em Paris logo no dia 7 de janeiro contra o Charlie Hebdo, perpetrados pelo Estado Islâmico também denominado de Daesh, mais tarde volta a acontecer outro atentado a 13 de novembro em vários locais de Paris e com um saldo de 140 mortos e mais de 300 feridos. A Europa em choque pelos atentados e pelas reações que fizeram da Frente Nacional (FN) o maior partido de França nas eleições regionais.
Ainda em janeiro a Grécia faz tremer a Europa e o Euro, o Syriza de Tsipras derruo com a opeus o mais hostil foi o português, acabando num referendo e em nova negociação da divida. Tsipras caia mas era reeleito com maioria, pagar a divida sim mas não às custas da dignidade dos cidadãos.
Na Arábia Saudita é condenado a mil chicotadas o Blogger Raif Badawi, devido a posts que colocara no seu blog em prol de mais democracia. Angola não fica atrás e prende 16 jovens que apenas se reuniam para partilhar ideias, forma presos em prisão preventiva, um dos quais o musico Luati Beirão faz greve de fome e põe a nú a falta de liberdades democráticas que se vive naquele país lusófono.
No Brasil, Dilma reeleita não tem descanso devido aos casos de corrupção em que supostamente a Presidente Dilma, o vice-Presidente Temer, e o ex-presidente Lula estão envolvidos, acusações que se somam e seguem com intuito da oposição maioritária no parlamento é destitui-la como foi feito com Collor de Mello em 1992, quem sofre é a economia e a credibilidade externa do Brasil. 
Na Venezuela Maduro intensifica a sua autocracia, mas perde nas eleições legislativas para a oposição que ocupa agora dois terços do Parlamento, e pretende retomar o poder pela via democrática e devolver as liberdade políticas então perdidas nos excessos do Bolivarianismo.
Das personalidades que nos deixam, saliento a ex-primeira dama de Portugal Maria Barroso, mulher de Mário Soares, que foi uma grande humanista e lutadora não só pela democracia como pela dignidade dos mais desfavorecidos. Lamento ainda a perda do grande escritor e pensador uruguaio Eduardo Galeano.
No entanto não é possível deixar de referenciar o drama dos refugiados sírios e do menino Ayilan, que arriscam as vidas no mar Mediterrâneo e às centenas de milhares transformaram-se no maior drama que a Guerra da Síria gerou, a Europa desde este fenómeno nunca mais voltará a ser a mesma, só havendo um caminho, o da integração, do acolhimento e do respeito mútuo entre culturas. A Europa está a ser transformada num Melting Pot multicultural, multiétnico e multirreligioso, de povos europeus autóctones, teremos os novos europeus mais morenos, com outra cultura, espera-se que os valores mais preciosos que a Europa construiu sejam os mesmos que permitam trilhar o caminho para se chegar a bom porto, que é longo, demorado, dificílimo, cheio de sacrifícios de parte a parte, mas inevitável que se faça pela tolerância e pelo amor ao Ser Humano acima de tudo.
Para 2016, aguarda-se um novo Presidente nos Estados Unidos, e ver o que isso irá influenciar para a Paz no Médio Oriente, de Washinton poderão vir bons ventos ou tempestades consoante a agenda política definida a partir de novembro, até lá Obama regerá o ano 2016, num tabuleiro de xadrez também há jogadores como a Rússia, a China, a Síria, a Turquia e o Irão no que concerne à Guerra da Síria.
Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

0 comentários :

Enviar um comentário