segunda-feira, 6 de abril de 2015

Inclusão - Ensino da Língua Gestual nas Escolas

A língua gestual é uma forma de integração e inclusão das pessoas com défice auditivo, pelo que para uma maior e mais eficaz reinserção social, faz-se necessário o ensino da linguagem gestual portuguesa nas escolas, e essa necessidade já começa a ser uma realidade com a inclusão da LGP no programa curricular do ensino secundário, somando-se a isto a criação em março de 2015 da EVLGP a primeira Escola Virtual de Língua Gestual Portuguesa, idealizada pela associação de surdos e que teve apoio pelo I Prémio BPI - Capacitar 2013,  permitindo o estudo desta disciplina num contexto de ensino a distancia (EAD).

No entanto, para além destas e de outras iniciativas, a necessidade de dar apoio a alunos com necessidades especiais, tem vindo a agravar-se, na medida em que em determinados locais, faltam recursos humanos, materiais e financeiros para apoiar os alunos e a formação pedagógica de profissionais como refere o site Observador.pt.

Hiperligações:
Notícias de Coimbra - Escola Virtual de Língua Gestual
Observador.pt - Falta de Recursos para alunos com necessidades especificas.

Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

0 comentários :

Enviar um comentário