10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

A Psicologia Geral e o Trabalho Social

A Psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano e os processos mentais, focando por isso o individuo, embora possa também estudar o contexto social e perceber o grau de influencia dos aspectos sociais na vida psíquica das pessoas, grupos ou comunidades, ao que se chama de Psicologia Social, por outro lado a psicologia estuda também a família como um organismo único, na busca da compreensão dos fenómenos ligados ao desenvolvimento, e das inter-relações existentes no que se chamará de Psicologia da Família, assim teremos não apenas uma psicologia, mas várias psicologias, inter-relacionadas entre si, como por exemplo a Psicologia Animal, que estuda as reacções psíquicas dos animais, para obter-se resposta à psicologia humana em campos que por razões morais e éticas não seriam possíveis de ser estudadas em laboratório. Há ainda uma outra psicologia, voltada para os processos da doença e do envelhecimento a que todos estamos ou estaremos  sujeitos, e que é de suma importância no estudo da Gerontologia, ciência cada vez mais em voga, com o envelhecimento populacional e a cultura nascente de uma terceira idade ativa, a essas psicologias chamamos de Psicologia Clínica da Saúde e  doença, e Psicologia do Envelhecimento, mas há mais, há muitas psicologias, tantas quanto abarcam os novos campos do conhecimento humano.

Para além da base sociológica, antropológica e politica do Trabalho Social, a Psicologia é também ela um elemento fundamental para o bom desempenho do trabalho social.

A Psicologia é uma presença constante como ferramente, indispensável da Intervenção social, desde o campo de atividades Macro, como o Desenvolvimento Comunitário, no qual o Serviço Social lida na resolução de problemáticas comunitárias, à dimensão Meso, com Trabalho Social de grupos e , indo até  à escala Micro, onde se trabalha com a reinserção social ou a ação social no plano familiar e individual. 

Em resumo, a psicologia é também um instrumento útil, no autoconhecimento e aperfeiçoamento do individuo, enquanto ser social, membro da comunidade, e das suas estruturas como a família, o trabalho, a escola, enfim na sociedade, auxiliando-nos nos relacionamentos e inter-relacionamentos a que estamos sujeitos em sociedade, e nesse sentido, deixo-vos aqui as hiperligações a livros de psicologia com os seguintes capítulos abaixo:

Introdução à Psicologia aborda os seguintes temas:
01 - A Psicologia ou as Sociologias;
02 - A Evolução da Ciência Psicológica;
03 - O Behaviorismo;
04 - A Gestalt;
05 - A Psicanálise;
06 - Psicologias em Construção;
07 - A Psicologia do Desenvolvimento;
08 - A Psicologia da Aprendizagem;
09 - A Psicologia Social;
10 - A Psicologia como Profissão;
11 - A Multi-determinada do Humano;
12 - A Inteligência;
13 - A Vida Afetiva;
14 - Identidade;
15 - Psicologia Institucional;
16 - Sexualidade;
17 - Psicologia da Família;
18 - A Escola;
19 - Meios de Comunicação de Massa;
20 - A Adolescência;
21 - A Escolha de Uma Profissão;
22 - A Violência;
23 - Saúde e Doença Mental.

Livros para Download:
Psicologias - Uma Introdução(Vários) - Download - Aqui

Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

0 comentários :

Enviar um comentário