Raif Badawi o Direito de Ser Blogger

Somos todos Raif Badawi, se acreditamos que a liberdade de expessão é um direito inalienável da Pessoa Humana, então todos somos Raif Badawi.

O Humanismo

O Humanismo mais que uma ideologia é uma praxis ao alcance de cada um de nós, somos chamados a fazer o que estiver ao nosso alcance e de acordo com as nossas possibilidades em prol do bem comum.

A Terceira Idade e a Cultura Intergeracional

A revolução grisalha, e a cultura de uma sociedade intergeracional, juntanto-se a todo o conjunto de uma cultura de inclusão, a força da juventude e a sabedoria da idade produzem um mundo novo.

Solidariedade Social

A solidariedade social, mais que comunhão de esforços em prol de causas é o dar-se em prol dos nossos semelhante, é um dos temas centrais deste blog,.

Trabalhos Académicos, do Serviço Social e Sociologia à Ciência Política

Desde 2010 que o Etcetera, disponibiliza para consulta, um conjunto de estudos académicos de várias áreas da ciência, como sociologia, psicologia, ciência política, economia social entre outras.

Sugestões de Leitura - Lista de Livros

Lista de Livros, sugestão dos mais importantes da Literatura Universal e Humanista, o mais importante é ler bons livros e não sermos guiados pelos livros da moda.

sábado, 28 de junho de 2014

Estágios Científicos para Alunos do Secundário

Clique no cartaz para ampliar.
A FCSH - Faculdade de Ciencias Sociais e Humanas juntamente com a CesNova - Centro de Estudos Sociais da Universidade Nova de Lisboa UNL, vão promover de 1 a 14 de julho, estágios cientificos para estudantes do ensino secundário.

Os estágios funcionam em parceria com a e-Geo, Centro de Estudos de Geografia e Planeamento Regional, dos quais serão feito os seguintes estudos com os temas abaixo:
  • Onde param as mulheres? Uma incursão pelos Estudos de Género
  • Envelhecer com Bem-Estar em Coruche. O que tens a dizer?
  • Responsabilidade Social das Empresas. Qual o impacto no apoio a projetos de jovens empreendedores?
  • Uso de Geotecnologias Aplicadas ao Planeamento Regional - Um Estudo de Caso na Serra da Arrábida
  • Paisagens sagradas? Para quê e Para quem?
As inscrições estão disponíveis e podem ser feitas através do portal Ciência Viva,


Este artigo respeita as normas do novo Acordo Ortográfico.

Sobre o Autor

 - Nasceu em 1964 em Lisboa, é estagiário em Serviço Social, numa ONG, tendo se licenciado pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa - ISCSP/UL, Fundou este blog em 2007, para o debate de ideias e a defesa do ideal humanista, edita ainda outros blogs, desde filosofia à teologia e apoio autodidático. (ver o Perfil)

domingo, 15 de junho de 2014

Músicas - I Was Born To Love You - Queen

I Was Born To Love You
An amazing feeling coming through
I was born to love you
with every single beat of my heart
yes, I was born to take care of you
every single day of my life

you are the one for me, I am the man for you
you were made for me, you're my ecstasy
if I was given every opportunity I'd kill for your Love
so take a chance with me, let me romance with you
I'm caught in a dream, and my dream's come true
(it's) so hard to believe this is happening to me
an amazing feeling coming through

I was born to love you
with every single beat of my heart, yes
I was born to take care of you
every single day of my life

I wanna love you, I love every little thing about you
I wanna love you, love you, love you
born to love you, born to love you, yes I was born to Love you
born to love you, born to love every single day of my life
I was born to take care of you every single day of my life

I was born to love you
with every single beat of my heart
yeah, I was born to take care of you, honey

every single day of my life




Eu Nasci Para Amar Você
Um sentimento maravilhoso que vem através
Eu nasci para te amar
com cada batida do meu coração
Sim, eu nasci para cuidar de você
todos os dias da minha vida

você é o único para mim, eu sou o homem para você
você foi feito para mim, você é meu êxtase
Se me fosse dada cada oportunidade que eu mataria pelo seu amor
Portanto, dê uma chance comigo, deixe-me um romance com você
Estou preso em um sonho, e meu sonho tornado realidade
(é) tão difícil de acreditar que isso está acontecendo comigo
um sentimento maravilhoso que vem através

Eu nasci para te amar
com cada batida do meu coração, sim
Eu nasci para cuidar de você
todos os dias da minha vida

Eu quero amar você, eu amo cada pequena coisa sobre você
Eu quero te amo, te amo, te amo
nascido para te amar, nasci para amar você, sim eu nasci para amar você
nascido para te amar, nascemos para amar todos os dias da minha vida
Eu nasci para cuidar de você todos os dias da minha vida

Eu nasci para te amar
com cada batida do meu coração
Sim, eu nasci para cuidar de você, querida
todos os dias da minha vida


Por Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor                                                                           
Filipe de Freitas Leal é Licenciado em Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É estagiário como Técnico de Intervenção Social numa ONG, vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, Blogger desde 2007, com o ideal de cariz Humanista, além disso dedica-se a outros blogs de cariz filosófico e poesia.

sábado, 14 de junho de 2014

Humanismo, As Pessoas Primeiro

O Humanismo é uma filosofia, que coloca o Ser Humano, como foco central de todas as preocupações, políticas, sociais, económicas, científicas, culturais e até religiosas, por outras palavras é a filosofia que defende que todos estes mecanismos de apoio e todas as estruturas sociais e económicas, devem ser feitas para a Humanidade e não para escravizar uma maioria em prol de uma minoria privilegiada.

Há diferentes humanismos, mas este é o que hoje tem maior expressão no sentimento ideológico da grande maioria dos Humanista a nível mundial, há tipos de humanismo dogmático que preconizam o ateísmo, e o pregam de forma militante, há os humanistas cristãos, os humanismo judaico, há um humanismo no sentido clássico do renascimento cultural, e  há um humanismo que preconiza o que acima foi dito, de uma total libertação da pessoa humana em todos os sentidos, inclusive libertação dos preconceitos, e de toda a forma de grilhões que nos toldam.

Mário Rodriguez Cobos, também chamado de Silo, talvez seja o mais expressivo líder humanista dos últimos tempos, defensor incansável de uma sociedade sem violência, Silo é a par de outros grandes líderes o preconizador da NVA Não-violência Ativa, como forma de atuação, a não-violência é o maior discurso de um Humanista, em todos os sentidos possíveis em todas as situações imaginárias.

Deixo-vos abaixo, hiperligações para documentos humanistas, que de outro modo irão ilustrar de forma mais aprofundada, o conhecimento do que é o humanismo hoje nas diversas correntes.

Livros para Download:
Humanismo e História - Download - Aqui
O Existencialismo é um Humanismo  – Jean Paul Sarte – Download - Aqui
Reflexões sobre a filosofia Humanista  –  Iolanda Oliveira – Download - Aqui

Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

A Psicologia Geral e o Trabalho Social

A Psicologia é a ciência que estuda o comportamento humano e os processos mentais, focando por isso o individuo, embora possa também estudar o contexto social e perceber o grau de influencia dos aspectos sociais na vida psíquica das pessoas, grupos ou comunidades, ao que se chama de Psicologia Social, por outro lado a psicologia estuda também a família como um organismo único, na busca da compreensão dos fenómenos ligados ao desenvolvimento, e das inter-relações existentes no que se chamará de Psicologia da Família, assim teremos não apenas uma psicologia, mas várias psicologias, inter-relacionadas entre si, como por exemplo a Psicologia Animal, que estuda as reacções psíquicas dos animais, para obter-se resposta à psicologia humana em campos que por razões morais e éticas não seriam possíveis de ser estudadas em laboratório. Há ainda uma outra psicologia, voltada para os processos da doença e do envelhecimento a que todos estamos ou estaremos  sujeitos, e que é de suma importância no estudo da Gerontologia, ciência cada vez mais em voga, com o envelhecimento populacional e a cultura nascente de uma terceira idade ativa, a essas psicologias chamamos de Psicologia Clínica da Saúde e  doença, e Psicologia do Envelhecimento, mas há mais, há muitas psicologias, tantas quanto abarcam os novos campos do conhecimento humano.

Para além da base sociológica, antropológica e politica do Trabalho Social, a Psicologia é também ela um elemento fundamental para o bom desempenho do trabalho social.

A Psicologia é uma presença constante como ferramente, indispensável da Intervenção social, desde o campo de atividades Macro, como o Desenvolvimento Comunitário, no qual o Serviço Social lida na resolução de problemáticas comunitárias, à dimensão Meso, com Trabalho Social de grupos e , indo até  à escala Micro, onde se trabalha com a reinserção social ou a ação social no plano familiar e individual. 

Em resumo, a psicologia é também um instrumento útil, no autoconhecimento e aperfeiçoamento do individuo, enquanto ser social, membro da comunidade, e das suas estruturas como a família, o trabalho, a escola, enfim na sociedade, auxiliando-nos nos relacionamentos e inter-relacionamentos a que estamos sujeitos em sociedade, e nesse sentido, deixo-vos aqui as hiperligações a livros de psicologia com os seguintes capítulos abaixo:

Introdução à Psicologia aborda os seguintes temas:
01 - A Psicologia ou as Sociologias;
02 - A Evolução da Ciência Psicológica;
03 - O Behaviorismo;
04 - A Gestalt;
05 - A Psicanálise;
06 - Psicologias em Construção;
07 - A Psicologia do Desenvolvimento;
08 - A Psicologia da Aprendizagem;
09 - A Psicologia Social;
10 - A Psicologia como Profissão;
11 - A Multi-determinada do Humano;
12 - A Inteligência;
13 - A Vida Afetiva;
14 - Identidade;
15 - Psicologia Institucional;
16 - Sexualidade;
17 - Psicologia da Família;
18 - A Escola;
19 - Meios de Comunicação de Massa;
20 - A Adolescência;
21 - A Escolha de Uma Profissão;
22 - A Violência;
23 - Saúde e Doença Mental.

Livros para Download:
Psicologias - Uma Introdução(Vários) - Download - Aqui

Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Metodologia da Investigação em Ciências Sociais

As ciências sociais, à semelhança de quaisquer outras ciências exatas, necessita de uma metodologia científica para poder obter respostas às questões, elaborara hipótese e sobretudo corroborar as teorias acerca dos problemas sociais suscitados, e nesse sentido, usam o mesmo método científico, com o qual se irá refutar ou comprovar a teoria, após ser cientificamente testada.

Esta é uma área técnica das Ciências sociais, tais como, a antropologia, a história, a economia, embora este artigo, destine-se mais a dar a conhecer os Métodos e Técnicas da Investigação Sociológica, e por isso diz mais respeito à sociologia, que é a base de outras áreas do conhecimento, que não sendo cientificas na exata medida do termo, são práticas, ou seja temos o exemplo do Serviço Social, que não é uma ciência mas sim uma 'Práxis', no entanto utiliza o método de investigação da sociologia, sendo esta sim um ciência propriamente dita.

Dos livros e textos abaixo indicados, e com acesso online, o principal é o do Professor Doutor Hermano Carmo, da Universidade Aberta e do ISCSP - Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, e da Professora Manuela Malheiro Ferreira cujo título é precisamente 'Metodologia da Investigação - Guia para autoaprendizagem' apresentando os seguintes capítulos.
1   – O projeto de investigação em Ciências Sociais,
2   – Elementos para o planeamento de uma investigação,
3   – Pesquisa documental,
4   – Técnicas de observação,
5   – Inquéritos por entrevista e por questionário,
6   – O relatório de pesquisa,
7   – Métodos Quantitativos e Qualitativos, 
8   – Técnicas de amostragem,
9   – A prática de investigação,
10 – A análise de conteúdo.

Livros para Download:
Metodologia da Investigação - Download - Aqui
As Novas Fronteiras da Metodologia Sociológica - Download - Aqui
Apontamentos de Investigação Sociológica - Download - Aqui

Sobre o Autor

 - Nasceu em 1964 em Lisboa, é estagiário em Serviço Social, numa ONG, tendo se licenciado pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa - ISCSP/UL, Fundou este blog em 2007, para o debate de ideias e a defesa do ideal humanista, edita ainda outros blogs, desde filosofia à teologia e apoio autodidático. (ver o Perfil)

História Geral

História é uma palavra que deriva do grego, e significa 'pesquisa', e de facto trata-se de uma pesquisa no passado para que possamos compreender o presente e planear o futuro.
A história tem sido uma ciência aliada dos grandes humanistas, estadistas e estudiosos, na medida em que ao descobrir-se a causa, pode-se compreender o efeito do fenómeno social ao longo do tempo e situado no espaço.

No entanto falar de História não é falar apenas, há todo um complexo método científico, cujas ferramentas documentais, são também ciências afins que nascem da história e que a servem como braço direito, estou a falar da Hermenêutica e da Heurística, que verificam por sua vez a veracidade e o significado dos documentos  a fim de classifica-los e categoriza-los de modo a que possam testemunhar a História.

Da Pré-História à Antiguidade Clássica, desta à Idade Média, assando pelo Renascença, a História vem desaguar por assim dizer, na mais nova fase surgida com no campo político com a Revolução Francesa em 1789 e no campo social com a Revolução Industrial surgida no Reino Unido, ambas as Revoluções, somando-se a Independência dos Estados Unidos e das revoluções liberais que se alastraram pela Europa, mudaram o mundo para sempre.

Hoje em dia, estamos numa terceira vaga, como afirma Alvin Toffler nos seus livros "Choque do futuro" e a "Terceira vaga", vaga essa que já não é a sociedade agrícola, já não é a sociedade industrial, mas sim a Sociedade da Informação, surgida no pós-guerra.

Mas vejamos isto e muito mais nos livros que vos deixo aqui, para lerem ou para baixarem, bons estudos e boas leituras.

Hiperligações:
História Geral - Download - Aqui
História de Portugal - Download - Aqui
História dos Hebreus - Flávio Josefo - Download - Aqui


Autor Filipe de Freitas Leal


Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

Sociologia Geral

A Sociologia é a ciência que estuda as inter-relações dos indivíduos em sociedade, o modo como se organizam, interagem, bem como estuda ainda as estruturas sociais daí advindas, debruçando o seu estudo desde o nível micro, individuo, família e grupo, passando pelo nível médio, instituições e pequenas comunidades, e por fim o nível macro, composto por grandes comunidades e países.

Neste artigo deixo a hiperligação aos manuais produzidos pela "SebentasUA" de Sociologia Geral I e II da Universidade Aberta - UAb de Portugal, bem como outros textos para maior apreensão do tema, bem como para comparação do mesmo.

Os dois primeiros livros, são por sinal adaptados de 'Sociologia' de Antony Higgens, que foi o livro com o qual estudei na Universidade de Lisboa no curso de Serviço Social.

Sociologia Geral I (Higgens)
I     - O que é a Sociologia,
II    - O Pensamento teórico na Sociologia,
III   - Método de investigação em Sociologia,
IV   - Cultura e sociedade,
V    - Um mundo em mudança,
VI   - Interação social e vida codidiana,
VII  - Classe, estratificação e desigualdade,
VIII - Pobreza, providencia e exclusão social,
IX   - As cidades e os espaços urbanos,
X    - O trabalho e a vida económica,
XI   - Crescimento da população e crise ecológica.

Sociologia Geral II (Higgens)
I     - Género e sexualidade,
II    - Corpo, saúde, doença e envelhecimento,
III   - Famílias,
IV   - Raça, etnicidade e migrações,
V    - Governo e sistema político,
VI   - Crime e desvio,
VII  - Organizações modernas,
VIII - Educação,
IX   - Religião,
X    - Meios de comunicação,

Livros para Download:
Sociologia Geral I - Download - Aqui
Sociologia Geral II - Download - Aqui
Sociologia da Família II - Download - Aqui
Sociologia (SEED Ensino Médio)  - Download - Aqui
As Regras do Método Sociológico (Durkheim) - Download - Aqui
Dicionário de Sociologia - Download - Aqui


Autor Filipe de Freitas Leal


Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.