domingo, 19 de maio de 2013

Poema # 20 - Profundamente


Há algo de profundamente belo,
Em cada alma humana,
Há beleza em todos os rostos,
Sorrisos e olhares.
Há algo tão sublime numa vida
Que nasce e que passa.

E na passagem perdendo a sua pureza,
Reencontra-a na humildade,
Forjada na caminhada da vida,
Em direção ao outro

E no encontro sereno com a finitude.



Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário

Twitter Facebook blogger E-mail Print Friendly Favorites More

 
Projeto gráfico pela Free WordPress Themes | Tema desenvolvido por 'Lasantha' - 'Premium Blogger Themes' | GreenGeeks Review