10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Poema # 15 - Perseverança

Wikimedia Commons

Ser decidido e ter opinião
Tem um preço,
E pode ser alto.

Ser honesto e frontal,
E nos problemas destemido
Tem um preço,
E será cobrado.

Acreditar nos sonhos,
E lutar por um amanhã,
Sendo perseverante,
Tem um preço,
E aceita-lo-ei.

Pois não temo paga-lo,
Seja qual for o preço,
Seja qual for o sacrifício.

Porque a humildade e a fé,
São meu cajado na caminhada.
E Se acaso me invejarem,
É por estar no caminho certo.

Se só ficar um dos meus amigos
É porque era o único que eu tinha.
E Se eu não atingir o almejado,
Consolo-me em ter tentado e lutado,
Na convicção de ter lutado.

E Se ninguém acreditar em mim,
Restar-me-á ser verdadeiro,
Nos atos, nas palavras e intenções.

Pois Se me afligir as humilhação,
Terei a solidão como amparo,
Se perder o que me sobra,
Sobrar-me-á ainda a fé e o caráter.

A perseverança mais que atitude,
É o meu caminho,
Os meus sonhos, mais que ideal,
São o meu destino,
E se um dia me perguntarem porquê,
Foi por acreditar,

Que esta vida é apenas uma passagem,
Para ser vivida em vão e amordaçado.

Que esta vida é preciosa pra ser vivida,
Sem sonhos, sem lutas, sem amor.
Vale a pena viver verdadeiramente.
Mesmo que tenhamos que atravessar,
O nosso maior deserto, o nosso interior.
E encontrar no próximo
A nossa razão de ser.


Filipe De Freitas Leal (In Facebook 01/04/2013)

Este artigo respeita as normas do novo Acordo Ortográfico.
contador de visitas Pessoas visitaram esta página

Sobre o Autor

 - Nasceu em 1964 em Lisboa, é estagiário em Serviço Social, numa ONG, tendo se licenciado pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa - ISCSP/UL, Fundou este blog em 2007, para o debate de ideias e a defesa do ideal humanista, edita ainda outros blogs, desde filosofia à teologia e apoio autodidático. (ver o Perfil)

0 comentários :

Enviar um comentário