sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Poema # 11 - Dar à Luz o Grito

As ideias são pérolas preciosas,
Que nascem soltas na mente,
E se acaso, não forem logo guardadas,
Perder-se-ão na névoa da memória,
E na escuridão do tempo.
As ideias pariram as palavras,
E estas deram à luz o grito,
Dos que sofrem e não calam,
Dos que não calam e sofrem,
A dor que deveras sentem aqueles,
Que a voz, perderam amordaçada.
Filipe de Freitas Leal


Este artigo respeita as normas do novo Acordo Ortográfico.

contador de visitas Pessoas visitaram esta página

Sobre o Autor

 - Nasceu em 1964 em Lisboa, é estudante de Serviço Social no  Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas - ISCSP, Fundou este blog em 2007, para o debate de ideias e a defesa do humanismo, edita outros blogs, cujo teor vai da filosofia à teologia, passando pelo apoio ao estudo autodidático. (ver o Perfil  

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário

Twitter Facebook blogger E-mail Print Friendly Favorites More

 
Projeto gráfico pela Free WordPress Themes | Tema desenvolvido por 'Lasantha' - 'Premium Blogger Themes' | GreenGeeks Review