10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Música - Rosa de Hiroshima - Ney Matogrosso

Rosa de Hiroshima, é um poema escrito por Vinicios de Morais, e que foi adaptado para música, pelo grupo musical brasileiro dos anos 70, Secos e Molhados,  do qual fazia parte o cantor Ney Matogrosso, (a quem muito comumente é tido como o autor da música) está é uma música de intervenção política, embora não focasse a situação brasileira da altura, o Brasil vivia numa ditadura militar, apoiava a política externa estadunidense em todos os sentidos, e criticar a Bomba Atómica, era criticar os seu autores da bomba, da guerra fria e criticar o apoio que os Estados Unidos da América, davam a regimes ditatoriais com era o caso do próprio Brasil, bem como o Chile de Pinochet, ou ainda a Nicarágua de Anastácio Somoza. Mas é uma música que sobretudo combate a loucura humana da guerra levada ao seu extremo, o uso das armas nucleares.


Rosa de Hiroshima
(Letra: Vinicios de Morais, Música Gerson Conrad)


Pensem nas crianças
Mudas telepáticas
Pensem nas meninas
Cegas inexatas
Pensem nas mulheres
Rotas alteradas
Pensem nas feridas
Como rosas cálidas
Mas, oh, não se esqueçam
Da rosa da rosa
Da rosa de Hiroshima
A rosa hereditária
A rosa radioativa
Estúpida e inválida
A rosa com cirrose
A anti-rosa atômica
Sem cor sem perfume
Sem rosa sem nada



Texto escrito conforme o Acordo Ortográfico - Convertido pelo Lince

3 comentários :

Apenas informando que a música é do Gerson Conrad.

Obrigado caro leitor, pela sua informação, já actualizei o artigo.

No poema o Vinicius escreve Hiroxima com "x" e não con "sh".
Quiçá seja um modo de negar a maldade humana ou indicar pra sempre o alvo, no meio do nome da cidade arrasada, pra que jamais possamos esquecer o horror da guerra.

Enviar um comentário