10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

Raif Badawi o Direito de Ser Blogger

Somos todos Raif Badawi, se acreditamos que a liberdade de expessão é um direito inalienável da Pessoa Humana, então todos somos Raif Badawi.

O Humanismo

O Humanismo mais que uma ideologia é uma praxis ao alcance de cada um de nós, somos chamados a fazer o que estiver ao nosso alcance e de acordo com as nossas possibilidades em prol do bem comum.

A Terceira Idade e a Cultura Intergeracional

A revolução grisalha, e a cultura de uma sociedade intergeracional, juntanto-se a todo o conjunto de uma cultura de inclusão, a força da juventude e a sabedoria da idade produzem um mundo novo.

Solidariedade Social

A solidariedade social, mais que comunhão de esforços em prol de causas é o dar-se em prol dos nossos semelhante, é um dos temas centrais deste blog,.

Trabalhos Académicos, do Serviço Social e Sociologia à Ciência Política

Desde 2010 que o Etcetera, disponibiliza para consulta, um conjunto de estudos académicos de várias áreas da ciência, como sociologia, psicologia, ciência política, economia social entre outras.

Sugestões de Leitura - Lista de Livros

Lista de Livros, sugestão dos mais importantes da Literatura Universal e Humanista, o mais importante é ler bons livros e não sermos guiados pelos livros da moda.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

O Principezinho na "Quinta da Regaleira"

Nos jardins da "Quinta da Regaleira" em Sintra decorre até finais de outubro a peça teatral, que é realizada ao ar livre, de quinta feira a domingo, sempre às 17h00.
A Obra pela qual é mais conhecido Antoine de Saint-Exupéry, é reverenciada também pelo cinema, televisão e teatro, tentanto partilhar e descrever o pensamento profundo que o autor colocou na sua obra, através do personagem "O Pequeno Principe" que com uma rosa na mão viajava de planeta em planeta, para mostrar ao Mundo que o que mais importa é verdadeiramente é sabermos honrar as nossas amizades e vivermos com lealdade uns para com os outros.
Devido a essa mensagem de lealdade na amizade entre o Pequeno Principe e o aviador, tão marcante no livro de Saint-Exupéri que é uma didática para crianças, fez no entanto cativar adultos nestes 70 anos que passam desde a sua primeira edição.
Para mais informações consulte o site: "O Principezinho na Regaleira".

Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

Feira do Livro em Sintra

Está a decorrer em Sintra, desde o dia 22 e até o dia 31 de julho, a Feira do Livro de Sintra, situada na bela paisagem sintrense do "Jardim da Correnteza" Avenida dos Combatentes da I Grande Guerra e ladeada pela presença da "Casa Montero" onde está a Biblioteca Municipal.
Estarão presentes várias editoras, alfarrabistas e previstas festividades no evento, tais como danças folclóricas e concertos de música e animação para os mais novos.
As barracas que abrigam caprichosamente as editoras, tem o formato de tendas medievais a condizer com a vista do Palácio da Vila e do Castelo dos Mouros como pano de fundo de uma vila tão a condizer com um evento cultural. Esperamos que este evento se repita muito mais vezes. Se visitar Sintra já sabe, visite a Feira do Livro todos os dias até às 23h00, sendo que aos sábados e domingos inicia às 15h00 e dias de semana às 17h00.


Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

sábado, 9 de julho de 2011

Nasceu o Sudão do Sul

Nasceu no dia 9 de julho de 2011 o Sudão do Sul, até ao momento é o mais novo país do mundo, após um referendo, que veio a colocar cobro a décadas de guerra civil, da qual pereceu aproximadamente 1 milhão de pessoas.
O novo país, liderado pelo Presidente Salva Kiir Mayardit, antigo lider da Guerrilha e do Partido da Resistência o Movimento Popular de Libertação do Sudão do Sul SPLM, tem a sua Capital na cidade de Juba, a sua população ronda os 8 milhões e fala oficialmente o Árabe e o Inglês,
O que separa o Sudão do Sul face ao Sudão é a divergência religiosa, o Sudão é árabe e muçulmano, o Novo Sudão (como tamém é chamado) é maioritáriamente negro de religião cristã e animista que nunca aceitou a imposição da "Shária".
Apesar de possuir petróleo, o Sudão do Sul nasce como um dos mais pobres países do mundo.

Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

domingo, 3 de julho de 2011

4º Aniversário do Blog

O Blog Humanista, está a completar o seu quarto aniversário, tendo surgido em julho de 2007, inicialmente como um blog pessoal cujo primeiro nome era: "Critica e Humanismos", inaugurado com o artigo "Absurdos e Incongruências", passando mais tarde a um blog aberto a um projeto de debate e critica, em 2009 muda para o nome atual e passa a ter uma clara identificação com a causa do Movimento Humanista.

No fim de 2010, o blog passou a ter publicados vários artigos relacionados com trabalhos universitários da área de ciências sociais, artigos voltados para o Serviço Social, Voluntariado, Direitos Humanos e Cidadania,  foram criadas páginas como as de humanismo, imagens, lista de livros e a página de contato para receber opinião e criticas dos leitores; Adicionou-se mais funcionalidades como a tradução, assinatura por e-mail, flagcounter, contador de visitas, e vários links úteis para a área da solidariedade social e por fim criada uma página no facebook para breve será uma página no Twitter e um novo visual está já em estudo, para o fim deste ano ou em janeiro de 2012.
O Blog poderá vir a segmentar algumas paginas como autónomas, no caso de Artes, Livros e Literatura, Músicas, uma página para Universidade e uma página para a poesia com o nome de O Meu Alef, no entanto não sabemos quando poderão ser criadas essas páginas autónomas, o importante é também saber a opinião dos leitores que têm acesso ao nosso e-mail para esse fim.
Um grande bem-haja a todos, que com as suas mensagens de apoio, que o blog tem recebido de diversas pessoas em vários países, bem como o incentivo que nos vem de vários grupos e Partidos Humanistas espalhados por vários países..
Autor Filipe de Freitas Leal

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Voltaire

Figura incontornável da cultura, Voltaire, aliás nascido François Marie Arouet, foi um notável filósofo, ensaísta e escritor francês, nascido no seio de uma família burguesa, na cidade de Paris no ano de 1694, tendo vindo a falecer em idade já avançada, na mesma cidade em 1778.
Foi acérrimo defensor do Iluminismo e das liberdades, incluindo a liberdade de expressão, a liberdade religiosa e o livre comércio.
Voltaire era um pensador nato, com uma grande perspicácia sendo dos mais espirituosos homens do seu tempo, tendo deixado como legado à humanidade e à cultura, uma vasta obra, de romances, poesia, teatro, diversos ensaios e variadíssima correspondência, obras que no seu conjunto vieram a influenciar pensadores e lideres ligados à Revolução Francesa e à Independência das treze colónias que viriam a ser os Estados Unidos da América.
Voltaire não era muito favorável à Igreja Católica Romana nem ao antigo regime da monarquia absoluta, pelo que usou da sua obra literária de forma bastante sarcástica, para criticar no catolicismo e no regime absolutista, tudo o que pudesse impedir o desenvolvimento cientifico, económico e social da altura, e essa oposição devia-se ao facto de além de iluminista, Voltaire era partidário da "Reforma Social", tendo chegado a elaborar um conjunto de leis a ela relativas, no entanto foram consideradas, leis bastante rígidas no que se refere à punição do não cumprimento das mesmas, criticas aliás às quais Voltaire era incólume.
A sua maneira desprendida e despretensiosa de ser e pensar, levaram-no muito cedo ao cárcere na Bastilha, onde aliás escreveu um livro (Édipo) em 1718, e mais tarde chegou a ter de fugir de França e viveu como exilado político por três anos no Reino Unido onde conheceu o filósofo inglês John Locke, de quem se tornou amigo.
Voltaire já no fim da vida, adere à maçonaria e viria a ser iniciado numa loja maçónica de Paris no ano de sua morte em 1778.

Das suas obras as que mais se destacam são "Cândido", "Édipo", "Cartas Filosóficas", "Dicionário Filosófico" dentre outras, das várias obras, do seu vasto e profícuo labor das letras e do pensamento.
Por Filipe de Freitas Leal

contador de visitas Leituras visualizações

Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.