quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Pensamentos # 05 - Memorial à Mãe

A palavra Mãe, tem para mim, um significado que ultrapassa em muito o seu sentido literal e etimológico, para mim significa "Meu Amor Eterno", porque nos lembraremos sempre dos momentos mais preciosos da nossa vida em que o amor de Mãe é fulcral para o nosso desenvolvimento como pessoas plenas em mente e corpo sãos.
Na minha vida tive, uma mãe maravilhosa, Maria Graciete a que sempre terei as melhores lembranças, foi ela que me incutiu os valores maiores, os princípios fundamentais, com os quais hoje me identifico, e a essa grande mãe, melhor amiga e mulher, tão grande e bela de Nome Graciette, deixo a minha homenagem o meu memorial, sobretudo neste dias de véspera do seu aniversário, se fosse viva faria dia 22 de março 75 anos, que D-us nosso Pai lhe transmita nos céus o meu muito obrigado póstumo, por tudo o que ela fez e foi para mim, e para os meus irmãos, bem como netos e netas.
Quis D-us, que partisse, talvez antes do tempo, creio que tenha cumprido o seu desígnio nesta vida, mas o Eterno é sábio e justo, e resta-nos na nossa saudade, desejar-lhe a paz.



Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

0 comentários :

Enviar um comentário