10 ANOS

Desde julho de 2007 a debater ideias e a defender causas.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

E Depois de Setembro?

O PS ganhou inequivocamente as eleições, mas o período de governação não será fácil, precisará de acordos de incidência parlamentar ou de uma coligação para ter maior estabilidade governativa, de qualquer das duas maneiras não será fácil.
O engenheiro José Sócrates, terá que se entender com os partidos no Parlamento, sobretudo com os que mais oposição lhe têm feito, é pena que seja assim porque gerou-se uma encruzilhada.
O CDS/PP (que tão arrogantemente atacou o governo) quer é poder saborear cargos no governo ou ver o PS refém das suas exigências no Parlamento; a CDU que até poderia se coligar no governo com os socialistas, não teve expressão eleitoral para socorrer a esquerda que ao fim e ao cabo é maioritária mas desunida.
O Povo votou à esquerda, e os jornalistas, os intriguistas e as mesquinharias deste país não querem ver isso, querem fazer a leitura da derrota, continuam com o discurso do bota abaixo, e do chavão estratégico de “quem pagará a fatura é o povo português”, porque a maioria de 54% do eleitorado votou PS-BE-CDU.
E a culpa não morre solteira, Francisco Louçã, tem um papel grande neste governo órfão, é certo que o PS com maioria absoluta, não era o interesse dos portugueses, mas a arrogância da esquerda contra a esquerda não ajuda em nada o país. Muitos dos que votaram no Bloco de Esquerda (BE) se desiludem com Francisco Louçã, de insistir em ser esquerda contra outras esquerdas, isso é o mesmo que não colocar o país em primeiro lugar, por isso perderão muitos votos.

Autor Filipe de Freitas Leal


Sobre o Autor

Filipe de Freitas Leal nasceu em Lisboa, em 1964, estudou Serviço Social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estagiou como Técnico de Intervenção Social numa Instituição vocacionada à reinserção social de ex-reclusos e apoio a famílias em vulnerabilidade social, é blogger desde 2007, de cariz humanista, também dedica-se a outros blogs de temas diversos.

0 comentários :

Enviar um comentário